Início > Sem categoria > A little bit of nostalgia

A little bit of nostalgia


É com essa imagem que começo meu post hoje.

Estava na casa da minha vó emprestada vendo uns desenhos que fazia quando criança, coisa de até os 9 anos. Em todos eles uma coisa era marcante: a presença de elementos de videogames.

Talvez parte do meu interesse pelo medievalismo venha dos castelos do Super Mario (e a história do cavaleiro – bombeiro no caso – salvando a princesa do dragão – tartaruga punk mutante que cospe fogo, no caso ), eu desenhava muitos castelos com canhões, barcos voadores (Super Mario 3) e aviões e navios (daí temos várias referências, desde Top Gun a F117 Stealth, passando por Raid on B. Bay, que aliás é do Will Wright, criador das séries Sim-alguma-coisa). E isso antes de jogar RPG.


Falando em RPG, minha vó ainda guarda um falso mapa que fiz, usando Inglaterra e Irlanda como molde e depois pintando o papel de bege, rasgando as pontas e dobrando pra dar impressão de um velho mapa. Tem até escritas absurdas e incompreensíveis no verso, assinadas por algum mago caquético e desconhecido. Antes de sair desse parêntese, encontrei em um cd de backup antigo os originais de um documento que fiz em Thorass (língua comum antiga de Forgotten Realms) pro Diogo traduzir, descrevendo como usar o Cetro da Dominação Menor, artefato que foi muito importante e gerou altas histórias de traição dentro do próprio grupo em nossa campanha de AD&D.

Em outros desenhos, karatecas se enfrentavam lançando hadoukens e tatsumakisenpuukyakus (carinhosamente descritos como atectecturuguem), destruindo carros e muros de tijolos. Precisa mesmo identificar qual jogo que é esse?

Pensando mais um pouco, não só videogames, mas também filmes como Predador, Rambo, Robocop e desenhos como Caverna do Dragão moldaram muito o que sou hoje. Mas certamente o fato de meu pai ter-me dado um Phantom System quando tinha 3 anos e jogar Atari com meus primos no Rio teve um grande impacto na minha formação.

Claro que durante a escrita deste post não poderia ter feito outra coisa senão reviver o passado.

Ok, enquanto escrevia os primeiros parágrafos eu fui ver o filme do Justiceiro, depois fui no Mc Donalds e vimos o final do Âncora, que passou na Globo.

That’s it, folks.

Anúncios
Categorias:Sem categoria Tags:, ,
  1. julho 30, 2009 às 21:03

    uhuuu!!!!Essa visita ao passado me rendeu lembrar de quando eu jogava Mário e de quando eu e meu irmão tabém fazíamos desenho do Mário. uahuahuahua Mas nosso desenhos eram propositais! Ele e um amigo ficam desenhando quadrinhos com o Mario, eu na verdade ficava olhando! uahauhuahuahau Mas era divrtido!E mais uma vez a tecnologia influenciando as nossas vidas!

  2. Jan
    agosto 1, 2009 às 15:37

    Ah, os velhos tempos… teremos muito a contar para nossos filhos e netos.Você realmente abraçou o Ubuntu, hein! Mas, olha, as férias estão acabando e nada de Hackintosh, tsc tsc…

  3. agosto 7, 2009 às 20:03

    eu boiei em quase td do post mas msm assim resolvi escrever pra cobrar uma maior dedicação, hehehe.. vamos postar mais.. tah mto devagar.. fik ai soh procrastinando e enchendo a cara.. brincadeira.. e o trabalho final?? bjsssobs: hahaa isso td eh o sono

  1. No trackbacks yet.

E o seu comentário?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: