Início > games, viagens > SBGames 2010

SBGames 2010

Olá, retornando após um breve período com parco acesso à Internet, apenas o suficiente para checar o email pelo celular atrás de comunicados importantes. E onde estava? Em Floripa (cidade de fato maravilhosa!), participando do SBGames 2010.

Sendo este o segundo SBGames que participo, tive como comparar para saber se o evento foi bom ou pior. Este SBGames teve uma redução no montante investido por patrocinadores, já que perdeu o patrocínio do governo do estado de Santa Catarina quase em cima da hora, o que acarretou em algumas mudanças no local, data e eventos. Colocar quase 800 pessoas em um hotel pouco preparado para esse tanto foi um esforço que acabou necessitando de transmitir os keynotes em vídeo para a sala do track de Computação para que todos pudessem ver.

Tirando as peculiaridades do local selecionado, outros problemas marcaram este evento: a falta de computadores suficientes e suficientemente poderosos para o Festival de Jogos Independentes e para a mostra de Jogos-Arte, além da falta de computadores para o Workshop de Computação Criativa (os organizadores tiveram que pedir aos participantes para levarem laptops), o descaso com a votação popular para os jogos indepentes (a urna era uma sacola e as cédulas não tinham identificação, podia-se votar quantas vezes quisesse) e a vergonha que a indústria passou (stand da Sony vazio, keynotes importantes da indústria num yadda yadda infinito… os funcionários deram palestras bem mais interessantes). Alguns acadêmicos/organizadores se mostraram um tanto quanto arrogantes e ditadores na plenária, fato que levou a um levante do auditório quanto a algumas decisões quanto da apresentação de novos candidatos para os próximos SBGames.

E aqui você votava para o melhor jogo

De positivo tivemos os keynotes do Don Marinelli (ETC) e do Jonathan Blow (Braid), além de encontrar com Azaghal do Jovem Nerd, Daniel Benmergui (Today I Die e I Wish I Were the Moon), vários contatos que fiz com palestrantes e outros participantes. Deu pra anotar muita coisa, que deve ser relida e comparada com os textos completos dos papers, na pasta do SBGames anterior.

O YAT não levou prêmios nessa edição, mas pelo menos o jogo vencedor da escolha do júri (e acredito que do júri popular também) na categoria PC foi o Krimson, do Eduardo Ceretta e do Edirlei, ambos da pós na PUC-Rio. Parabéns a eles!

Deixando um pouco o evento de lado, Floripa é maravilhosa! Pelo menos como turista, gostei muito da cidade, apesar de tudo ser um pouco longe e a cidade ter seus problemas com trânsito devido à construção das ruas e pontes. Sério, é uma cidade com clima agradável, pontos turísticos muito bonitos e até uma loja de RPG que o vendedor realmente conhece o que vende e não fica te empurrando qualquer coisa. É uma cidade para se engordar também: as porções gigantes e baratas do Big Portion e as pizzas do Chico Toicinho (Francis Bacon, alguém?) que ficam no continente, e a comida mexicana do Guacamole e do El Mexicano e, claro, a seqüência de camarão da Casa do Chico.

Essa viagem foi ótima também por causa de nossos anfitriões (Otto e Vanessa, muito obrigado!) e pela companhia de amigos que mesmo com as poucas horas de sono entre um dia e outro de evento conseguiam arranjar forças para sair à noite e aproveitar os últimos raios de sol para tirar fotos como essa.

Em 2011 o SBGames ocorrerá em Salvador, Bahia. Espero ter alguma coisa interessante para levar para lá e onde ficar. Em 2012 será em Brasília, então dona Bruna Torres, pode esperar a gente aí =)

Anúncios
Categorias:games, viagens
  1. novembro 20, 2010 às 15:03

    >Caramba. Não gosto de ouvir os comentarios sobre o SBGames. Fico com aquele remorso de nao ter ido, apesar de saber que não dava mesmo. Mas serio que a votação era naquilo ali??? Geeente, que absuuuurdo!Espero que ano que vem em Salvador seja melhor, e que a gente vá, comigo inclusa! hahahah 😀

  2. novembro 20, 2010 às 22:24

    >É, o SBGames está cada vez mais desanimador… E essa "urna" se é que podemos chamar isso assim é uma piada no mínimo =PE sim Floripa é 10! Devia ter ido à praia! A água é quente e super limpinha =) (oi trauma de copacabana heheheheh)

  1. No trackbacks yet.

E o seu comentário?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: